Cabo Verde // Ilha de Santiago (Praia)

11/05/2012

Praia, capital do Cabo Verde, na ilha de Santiago – uma das 10 que formam o país-arquipélago – foi minha primeira parada além-mar. Saindo do Recife, foram 12 dias de navegação ininterrupta até a chegada na África. Na noite anterior eu dormi muito pouco, pela ansiedade. O navio leva uma câmera na proa e as imagens são transmitidas em tempo real num canal interno de televisão, para todas as cabines. Muito cedo liguei a TV e minha primeira imagem de outro continente, pela primeira vez, estava ali. Saí da cabine e acompanhei o barco atracando, a ficha caindo aos poucos: muito em breve eu estaria, literalmente, com os dois pés na África!

Ainda embarcado, ansioso, acompanhando a chegada do navio!

O português falado no Cabo Verde é bastante compreensível para nós, brasileiros, o que me colocou no papel de mediador entre o pessoal do barco (mis hermanos desde Chile y Argentina) e a população local. Chegamos sem a menor ideia de câmbio (euro / escudo cabo-verdeano) e do preço das coisas, então confiamos no taxista e saímos para desbravar a ilha. Entre eles é comum o dialeto crioulo, absolutamente incompreensível, então é claro que nosso taxista e o pessoal do câmbio no centro da cidade, por exemplo, falavam assim entre eles. De qualquer forma valeu a experiência, as memórias e ficam os registros, alguns dos quais compartilho aqui com vocês!

Convento de São Francisco

Por fim, deixamos Cabo Verde em direção à África continental (Marrocos) e Ilhas Canárias. Ficou pra trás um país muito bonito, ainda que muito pobre. Gente sorridente, paisagens de tirar o fôlego e o registro da minha primeira vez do outro lado do Atlântico!

 

Gostou? Compartilhe!

Todos os direitos reservados © 2012 Venâncio Filho